Quem gosta de acompanhar competições desportivas, sabe que não saber ao momento os resultados de todos os jogos causa ansiedade.

 Quando me iniciei no vício do futebol, a rádio era o meio que me permitia acompanhar Benfica e Farense em simultâneo. Foi através da rádio que senti a gloriosa tarde de César Brito em 91 e que no São Luís íamos acompanhando a performance dos rivais na luta pela manutenção.

Em Maio de 94 foi a televisão que me ajudou a acompanhar os jogos em simultâneo. Após assistir ao 6-3 de Alvalade, mudei para o Canal Sur onde na última jornada da Liga Espanhola o título se decidia entre Riazor e Camp Nou. Na Corunha Djukic falha o penálti nos instantes finais frente ao Valência. Em Barcelona o triunfo sobre o Sevilha garantiu o 4º título espanhol consecutivo com a famosa dream team de Cruijff.

Com a internet, passei a correr da sala para o escritório para em noites de Champions tentar saber os resultados de toda a Europa ao minuto. Os portáteis permitiram-me manter-me na mesma divisão para ter acesso à informação em tempo real.

Atualmente enquanto acompanho 1 de 8 jogos da Liga dos Campeões na TV, vou sabendo das ocorrências dos outros 7 jogos via Twitter. Para lá de acompanhar as ocorrências dos diversos jogos através da conta oficial da UEFA e dos hashtags criados para os diversos jogos, enriqueço a minha experiência desportiva seguindo 12 títulos de imprensa europeia originários de 5 países distintos, 7 jornalistas desportivos e 22 amigos que adoram o jogo. Além de ser leitor dos diversos tweets, vou também contribuindo com conteúdo relativo a golos, cartões ou substituições.

A rede social Twitter é um complemento bastante interessante para quem assiste a programas de Televisão. A nível mundial, 60% das pessoas utiliza a plataforma enquanto vê TV, no pico de utilização 40% do conteúdo é relativo a programas TV e 95% dos comentários online relativos a TV são realizados no Twitter. Em Portugal, 46% dos utilizadores Twitter fazem-nos enquanto estão a ver TV.

Em termos de conteúdos falados no Twitter, o desporto dominou o ano de 2013: 492 milhões de tweets relativos a desporto. Metade dos comentários relacionados com TV foram relativos a eventos desportivos dos top 20 programas comentados, 12 foram eventos desportivos.

Em 20 anos passámos de meros ouvintes a verdadeiros participantes no jogo. Conscientes desta realidade, os instituições desportivas  fortalecem o engagement através das redes sociais. A Premier League tem neste segundo 6.375.539 followers. A nível de clubes, o Barcelona é o clube que lidera o campeonato das redes sociais com um alcance superior a 117 milhões de seguidores, mais de 25 milhões no Twitter.

Aqui fica a forma como se jogou o Brasil x Alemanha no Twitter.

Para mais consulte este link, este link e este link

David Souto de Assis, Account Director & Executive Producer

Comment