Estamos na era do "smart". No início dos anos 2000 chegaram os smartphones, há uns anos atrás começámos a falar em smart cities e no ano passado chegou a discussão em torno dos (e venda) smartwatches, os relógios inteligentes.

Vendo bem, pouco há de original nesta ideia. Todos nos lembramos, com certeza do Michael Knight a pedir ao Kit para o "pegar na esquina" falando para o seu relógio de pulso. Ora, um smartwatch é mais ou menos o mesmo - um relógio interativo e ligado à internet que permite, portanto, a comunicação - seja com o 'kit' ou com o mundo em geral.

Esta semana, o Google anunciou um novo projeto chamado Android Wear que é (ou vai dar origem a) um sistema operativo desenhado especificamente para os chamados wearables - pedaços de tecnologia "de vestir". Esta variação do Android será compatível com smartwatches Asus, HTC, LG, Motorola e Samsung e vai ser, dizem, bonito e fácil de usar. Para o comprovar - ou inspirar, pelo menos - existe este video promocional

Por cá já se vendem alguns smartwatches. Vocês também já têm pulsos mais inteligentes?

Maura Bouça, UX Designer

Comment