A Internet é jovem. Está massificada apenas desde os anos 90 e chegou a Portugal em 1994. Os 20 anos não costumam ser suficientes para se falar em 4 idades, mas no caso da Internet, parecem ser. No Techcrunchinspirada por John Herrman, fala na quarta internet e na forma como a relação entre os utilizadores e os modelos de negócio relacionados com a internet variaram.

Os 2 autores falam de um tempo - o da primeira internet - em que a principal fonte de visitas a um site eram utilizadores que acediam diretamente ao site com regularidade. Hoje em dia - o tempo da quarta internet - é um tempo em que o tráfico já não é direto, mas provém das redes sociais, de apps ou de outros sites. Isto significa, segundo os autores, que, hoje, os sites não conseguem ser independentes, uma vez que dependem demasiado de referências externas. Além disso, essas referências externas tornam as audiências de um site imprevisíveis. Os autores estão preocupados com a qualidade e nível intelectual dos sites com mais tráfego hoje em dia. Será que têm razão?

Alexia Tsotsis critica os vídeos de pandas a espirrar desta internet, e vocês? Também acham que, como o Buzzfeed, os sites devem preocupar-se cada vez mais em oferecer conteúdo visual que é capaz de moldar as identidades dos seus visitantes?

 

Maura Bouça, UX Designer 

Comment