Quem disse que a plasticina era só para os mais pequenos está muito enganado! Um grupo de criativos de uma agência — nós — decidiu juntar a paixão de criança — a plasticina — a uma técnica muito conhecida que já entrou pelos ecrãs do cinema  — o stop motion.

Conhecida como uma técnica de animação, com recurso a uma máquina de filmar ou fotográfica, o stop motion utiliza modelos reais, criados em diversos materiais, nomeadamente a madeira e a plasticina.

Os modelos são fotografados em movimento, alterando a sua posição de frame para frame. Estes são, por sua vez, montados em formato de animação cinematográfica, criando assim o movimento. É nesta fase que se complementa o trabalho primário, acrescentado efeitos sonoros, como falas ou música.

Um dos filmes mais conhecidos utilizando esta técnica é O Estranho Mundo de Jack (1993), de Henry Selick. A Fuga das Galinhas (2000), de Peter Lord e Nick Park, é também um dos exemplos a considerar como um dos melhores.

O encanto por esta técnica e a criança que existe em nós, deu origem a um stop motion que retrata a época natalícia que se vive no centro comercial Dolce Vita Tejo e ainda um outro no Dolce Vita Porto. E mais virão! Fiquem atentos.

Joana Gonçalves, Community Manager

Comment