Riding Light é um filme que nos propõe viajar à velocidade da luz, começando no nosso querido Sol e por aí fora…

Bem, prepare as pipocas, aconchegue-se no sofá e veja o filme mais rápido do nosso sistema solar. 

Spoiler alert: depois de 45 minutos de uma viagem tranquila, apenas ultrapassaremos Júpiter. E chegamos à conclusão que até a maior das velocidades parece pouca quando a distância a percorrer é suficiente.

Tudo depende da escala em que estamos. Por isso, dêem uma espreitadela ao vídeo e vejam o nosso planeta passar, tal e qual como uma estação fica para trás numa viagem de comboio.

 

Guillem Peiró, UX Designer 

Comment