Mais de uma década após o lançamento do revolucionário browser Firefox, a Mozilla volta a lançar-se na corrida da inovação: o Hello é uma nova aplicação de video-chamadas que promete fazer sombra à concorrência. A ferramenta, que surgiu em Janeiro de 2015 como parte integrante da versão 35 do Firefox, junta-se a um mercado preenchido por aplicações como Whatsapp, o Viber, e o veterano Skype.

Mas o Hello marca a diferença em vários pontos: está totalmente integrado no browser e não requer a instalação de mais aplicações; é compatível com qualquer aplicação (browser ou IM client) que use o protocolo WebRTC; e é fácil de usar: basta partilhar um link temporário via email e abre-se uma janela de vídeo que permite a comunicação entre duas pessoas — sem sequer ser preciso fazer uma inscrição numa rede social ou outro serviço.

Porquê agora esta jogada da Mozilla? A sede de novidade e novas abordagens a velhos problemas são fatores importantes: o mote do Hello é a simplicidade — e um relativo anonimato, mais livre das garras de uma Web 2.0 social cada vez mais sobrecarregada. Mas para além disso, o buzz desta novidade poderá ajudar o Firefox a recuperar a sua posição nas “browser wars”, após ter perdido terreno nos últimos anos para os principais concorrentes (Google Chrome, Internet Explorer e Safari).

André Nascimento, Copywriter e Sound Designer

Comment