O mundo da música quase estremeceu. A campanha em redor do lançamento do Tidal vestiu-se de movimento de união entre artistas e fãs para mudar a história da música, a hashtag #TIDALforALL invadiu o Twitter e, no final, o que é o Tidal? 

Um serviço de streaming de música de alta fidelidade (que o utilizador "normal" não irá sequer conseguir apreciar) lançado por Jay-Z, Kanye West, Alicia Keys, Madonna, Beyoncé, Chris Martin, Arcade Fire, entre outros nomes igualmente grandes. É o primeiro a ser controlado totalmente por artistas, oferece conteúdos editoriais e exclusivos, tem duas opções de subscrição (nenhuma versão gratuita) e promete ser mais justo com os músicos do que os restantes serviços (mas ainda não sabemos até que ponto). 

Qual é o problema, então? Nada contra os músicos quererem ganhar dinheiro com a sua música, mas a comunicação do lançamento e o resultado final deixaram um amargo na boca de muitos — são os artistas mais ricos do mundo e é um serviço muito, muito semelhante aos restantes, logo o #TIDALforAll não caiu muito bem. 

Leiam mais em Tidal para quem?

 

Sílvia Dias, Account Director & Executive Producer

Comment