Esta quinta feira é o dia internacional do livro. Se não sabiam, ficam a saber. É a data em que morreu Shakespeare (e Josep Pla, um escritor catalão) mas é também a data da morte de São Jorge.

É tradição na minha terra comemorar a “Diada de Sant Jordi”, a festa das rosas e dos livros. Efetivamente: a mistura do dia dos enamorados com o dia dos livros. Sant Jordi (São Jorge em catalão) também é padroeiro de Catalunya. Muitas coisas a celebrar num dia que nem sequer é feriado.

Resumindo a lenda, São Jorge matou o dragão para salvar a princesa e, onde caiu o sangue vermelha da besta, acabou por crescer um rosal, que depois florescia cada Abril com rosas vermelhas. Daí a tradição de oferecer uma rosa à tua namorada no dia de Sant Jordi, que evoluiu para oferecer, em troca, um livro  ao namorado.

Esta tradição um bocado sexista tem mudado, e também as mulheres recebem cultura, mesmo que haja poucos homens a receber flores.

Neste 23 de Abril, aproveitem para encher as bibliotecas pessoais, sejam tradicionais ou digitais (apple, google, amazon) ou simplesmente peguem nesse livro que abandonaram há meses. E se quiserem, aproveitem e ofereçam uma rosa a alguém. 

Viajar a Barcelona e passear entre paradas de livros e bancadas com rosas fica para a próxima.  

Guillem Peiró, UX Designer & Information Architect

Comment