Com a mudança de algoritmo do Google, que o Paulo Santos nos falou há duas semanas, surge a seguinte questão: o que é um site compatível com dispositivos móveis? 

Para desenhar um site mobile-friendly é necessário medir constantemente a relevância dos conteúdos e colocar simplicidade nos componentes de interacção. O tamanho do texto, os links com área de clique para os dedos, as imagens que se ajustam ao ecrã e a utilização de ícones são alguns detalhes que mudam completamente a experiência de um utilizador. 

É preciso entender então a verdadeira diferença de um site escalável, fluído ou responsivo e os erros associados. Um site escalável apresenta o seu layout de forma estática, em que muda apenas o tamanho dos elementos mantendo a aparência. Um site fluído ajusta os seus elementos relativamente à dimensão da janela do navegador, o que pode dificultar a legibilidade e a consistência. Um site responsivo responde a diferentes resoluções adaptando a sua forma e os seus conteúdos. 

A melhor solução para que o nosso site seja compatível com dispositivos móveis passa por planear e construir um site responsivo capaz de dar resposta aos ecrãs mais pequenos. 

As vantagens são visíveis: 

Garante que os passos são fáceis de concluir; 

O conteúdo é mais simples para partilhar nas redes sociais; 

A manutenção é feita num único site; 

Reduz o tempo de carregamento de páginas;

Oportunidade de cross-sell de aplicações; 

Maior consistência na interface para experiência multiplataforma.

 

Para os pequenos, vamos pensar em grande!

 

Teresa Deus, UX Designer

Comment