No passado fim de semana, durante três noites, o Palácio histórico Marquês de Pombal, em Oeiras, abriu ao público e ofereceu uma experiência única e inesquecível utilizando uma linguagem contemporânea e inovadora. Os visitantes podiam viver e descobrir os jardins e o palácio através de projeções multimédia e video mapping. 

Este espetáculo de multimédia imersivo foi nomeado como evento oficial do Ano Internacional da Luz 2015 e ganhou um papel de embaixador da Luz em Portugal. 

A empresa envolvida, O Cubo, foi a mesma que proporcionou uma conjugação de luz, cor, música e animações no cenário da abertura do Arco da Rua Augusta. 

Para quem gosta de video mapping, Fete dês Lumieres é um evento a não perder. Todos os anos, a cidade de Lyon fica inteiramente iluminada e marca um evento único. 

Atualmente, esta tecnologia surge como novo suporte de comunicação e divulgação das marcas, dos produtos e dos serviços, criando assim eventos baseados na projeção multimédia em edifícios ou peças de escala mais reduzida. 

O uso de video mapping é fortemente utilizado por empresas da área das tecnologias e por empresas relacionadas com moda, carros e grupos de artes performativas. Vejam aqui exemplos de projeções multimédia de algumas marcas.

Teresa Deus, UX Designer

Comment