Dezasseis anos depois, a Google mudou o logotipo


A Google divulgou, no dia 1 de setembro, o redesign do seu logotipo. A reformulação surge menos de um mês após o anúncio da criação da holding Alphabet, que fica agora responsável pela transformação das atuais divisões de negócios da empresa em subsidiárias. 

Agora, após 16 anos com a mesma imagem, o gigante tecnológico alterou a sua principal marca com o objetivo de representar uma nova visão da empresa, de acordo com a quantidade de plataformas e serviços disponibilizados.

"Apresentamos um novo logotipo e uma nova identidade, que reflete uma nova realidade. Atualmente, as pessoas interagem com os nossos produtos através de diversas plataformas", lembra a Google no seu blogue.

De acordo com a empresa, o novo logotipo adapta-se melhor a ecrãs pequenos e é mais fácil de observar, mesmo em ligações de Internet mais lentas. Detalhe que vai de encontro ao objetivo do novo CEO da Google, Sundar Pichai: "levar a Internet a regiões do globo que ainda não têm". 

Assim, criou-se uma imagem atrativa tanto para smartphones e tablets, como para computadores carros e relógios inteligentes.

O novo logotipo não é serifado, utiliza a fonte Product Sans e dispõe de cores mais suaves, algo que remete para o Alphabet. Veja a evolução.

Henrique Carvalho, Digital Art Director

Comment