Há coisas que nunca mudam e as resoluções de ano novo são uma delas. Recuperar a forma física é a promessa que oiço (e faço) com maior frequência no início de cada ano: “vou começar a ir ao ginásio", “vou fechar a boca", “vou ficar em forma para o verão”. Pessoalmente, já sou uma habitué nesta tipologia de promessa e são vários os truques que tenho descoberto ao longo dos últimos anos — se funcionam ou não, é algo que depende da motivação de cada um.

Uma das mais interessantes descobertas que fiz neste âmbito foi a aplicação FatSecret, que chega a ser assustadora de tão genial e rigorosa que é. Trata-se de uma app para a contagem de calorias — ingeridas e gastas. Num relatório diário, colocamos tudo o que consumimos em cada refeição do dia, podendo ir ao detalhe da marca e sabor do iogurte líquido que bebemos a meio da tarde, ou ao número de peças de sushi que comemos ao jantar. O FatSecret fornece informação nutricional para praticamente todos os alimentos, marcas e até restaurantes.

Registadas todas as refeições do dia, é hora de reportar a nossa atividade física: quantas horas dormimos, estivemos sentados e/ou fizemos exercício físico. Também aqui temos um leque variado de opções: uma hora a caminhar em passo acelerado, 30 minutos de pilates, you name it! E eis que chega a hora da verdade: as calorias consumidas subtraídas das calorias queimadas ditam o veredito final — estamos no bom caminho para o nosso objetivo ou demos mais uma facada na dieta?

Usadas com moderação, as aplicações de contagem de calorias são uma excelente ferramenta para definir algumas regras de alimentação para o dia a dia. E com o dia a dia controlado, não há porque não dar umas facadinhas de vez em quando.

Raquel Rio Tinto, Marketing Manager

Comment