E se pudesses viver três dias como um samurai? Ou ter a surftrip mais louca de sempre? É isto que a nova plataforma da Airbnb quer que vivamos. Bem vindo Airbnb Trips!

Viagens “mais simples e mágicas" é o desejo assumido por Brian Chesky, o diretor-geral da empresa. Bem, o de Brian e o de nós todos.
Gosto do conceito do Airbnb, e pode-se dizer que em experiências pessoais, sempre senti que havia um bom dinamismo entre anfitriões e convidados. Mas agora, a empresa quer passar isso para o próximo nível, e eu fico curiosa para saber como é que tudo isto vai resultar na prática. O Airbnb apresenta “uma agência de viagens virtual que quer ser alimentada pela comunidade".

Portanto, qual é a novidade?
Antes já podíamos alugar casas, studios, quartos, terraços, piscinas ou telhados. Agora o Airbnb quer-nos dar a viver experiências personalizadas e encontrar lugares que normalmente não vêm nos mapas. Ou seja, quer ajudar a dar a concretizarmos a viagem dos nossos sonhos, tudo através do mesmo serviço.

E como é que isto está a acontecer?
Através da mesma plataforma onde encontramos os refúgios para aquela e outra viagem. Para além de termos o anfitrião a receber-nos onde iremos ficar, somos também convidados a ter uma experiência diferente. Conhecer e viver o destino estando a par dos segredos e manhas de quem conhece as ruas, os bares, as lojas, as praias, os trilhos.

Estas experiências podem ser de dois tipos:

  • Uma amostra rápida, para os mais impacientes, do mundo do anfitrião, como uma oficina ou uma caminhada pelo seu bairro preferido. Tipicamente estas experiências duram duas horas ou mais.
  • Uma imersão, para quem procura experiências de vários dias. As imersões são a melhor forma de ter uma visão detalhada do mundo em que pretendemos mergulhar.

E porque há quem não consiga fazer o switch-off do trabalho mesmo a viajar, estes anfitriões slash especialistas locais slash guias turísticos vão também garantir “‘Encontros’ dedicados a negócios entre hóspedes e anfitriões.

Entre Natureza, Desporto e Comida, vou ficar à procura do programa ideal para mim e, da próxima vez que nos encontrarmos aqui, pode ser que esteja a partilhar a experiência.

Carolina Ferreira, Community Manager

Comment