Nesta época, já é tradição os marketeers fazerem muitos reviews sobre o ano que está a acabar e projetam-se tendências para o ano que aí vem.

Eu ainda estou em fase de reflexão e, em 2016, foram várias as marcas que se destacaram pelos mais diversos motivos: por criarem excelentes conceitos e estratégias de comunicação ou, simplesmente, porque souberam responder de forma tática a conteúdos virais que "colavam" com a sua marca.

O sucesso do Pokemon Go materializou-se em mais de 100 milhões de downloads, tornando-se numa das maiores febres do ano.

O vídeo da mãe americana que comprou uma máscara do Chewbacca mereceu mais de 161 milhões de views, foi taticamente capitalizado pelo revendedor Kohl’s e colocou o Facebook Live nos planos de marketing de várias marcas.

A marca Hefty que, entre outros produtos domésticos, vende sacos para o lixo, ouviu dizer que o público americano se sentia frustrado pela negatividade dos anúncios políticos e comprou espaço publicitário para os poupar usando nas criatividades a mensagem "This politcal ad has been trashed thanks to Hefty”.

O anúncio mais visto das Olimpíadas de 2016 é da Under Armour e mostra o lado mais humano do campeão Michael Phelps, sob o mote “Rule Yourself”.

Estes são apenas alguns exemplos do bom trabalho das marcas em 2016, mas a CMO.com dá-nos um Top 10 com mais bons momentos das marcas que valem a pena relembrar.

Raquel Rio Tinto, Marketing Manager Loyalty Brisa

 

Comment