O que podemos aprender com uma decisão polémica do Twitter?


Quando no passado dia 3 de novembro o Twitter anunciou que acabara de substituir os favorites por hearts, a Internet quase implodiu. Os utilizadores mais fanáticos da rede social foram rápidos a criticar a decisão e a classificá-la como uma tentativa estúpida de mover a plataforma num sentido mais mainstream. 

Apesar de hoje esta mudança ter sido quase esquecida, têm surgido dados que, não só validam a decisão, como nos dão um insight importante para todas as decisões que tomamos. Depois do próprio Twitter ter revelado alguns dados, foi a vez da Locowise ter realizado um estudo onde mostra que esta pequena mudança trouxe um aumento de 27.82% de favourites (ou likes, vá…). Ainda mais importante, não só a mudança se fez notar em atuais utilizadores, como também ajudou a fazer crescer as taxas de interação de novos utilizadores.

Depois da revolta, estes números mostram que a decisão foi correta. Mostram também que em tudo o que fazemos devemos questionar cada decisão, principalmente quando estamos a construir para mercados gigantescos. Não devemos inventar nos detalhes, só por inventar, e nunca nos podemos esquecer que enquanto humanos partilhamos associações a determinados objetos, emoções, estímulos. Associações que influenciam profundamente a maneira como interagimos com tudo à nossa volta, até com uma interface digital.

🌟≠❤️

Miguel Coutinho, Strategist

Comment