O Airbnb lançou recentemente a campanha Live There, onde partilhou os novos produtos que pretendem completar a experiência e fazer com que os utilizadores consigam "viver" nas cidades para onde viajam como verdadeiros locais.

O Airbnb percebeu que as pessoas quando procuram um sítio onde ficar, preocupam-se não só com as suas características mas principalmente com o que existe na zona circundante. Como o co-fundador da empresa, Brian Cheksy, explica, a razão pela qual as pessoas viajam com o Airbnb é porque querem ter uma experiência mais autêntica e sentirem-se como verdadeiros locais. 

“Going is travel, but living is a deeper experience. You stay in a hotel, but you live in a home. You tour a city center, but you live in a neighborhood. So we’re not really here to change travel, but to change the way you live through travel.”

Recuperaram assim o conceito de Neighborhood lançado em 2012, que nos permite, através de uma experiência visual, explorar os diferentes bairros da cidade e encontrar o melhor sítio para ficar de acordo com fatores como: gastronomia, vida noturna, compras ou atrações turísticas.

Para criar esta ferramenta, basearam-se em recomendações de moradores e contrataram fotógrafos locais, o que faz com que os conteúdos tenham uma perspetiva muito pessoal e próxima, que passa também para quem os vê.

Contudo, a nova experiência traz outras novidades como o sistema de correspondência, que a partir das nossas preferências, como o tipo de propriedade — apartamento, castelo, cabana — e o tipo de bairro — pitoresco, na moda, silencioso — encontra as casas, os bairros e experiências ideais para o nosso perfil. A outra novidade, são os guias com dicas locais feitos pelos próprios anfitriões que dão a conhecer os melhores sítios que cada bairro tem.

Joana Rodrigues, Junior UX Designer

Comment