Num momento em que muito se compara a presença de público nas tomadas de posse de Trump e Obama, o Twitter veio acrescentar um dado interessante. 

Na semana passada, a plataforma anunciou que a tomada de posse de Trump bateu recordes de audiência: 6.824 milhões de utilizadores únicos. Um número ligeiramente acima dos 6.800 milhões que acompanharam a noite das eleições norte-americanas no Twitter. 

 

Para a cobertura da “Inauguration” de Trump, o Twitter disponibilizou um stream de 6 horas a partir da PBS NewsHour. O pico de acessos à transmissão ocorreu por volta das 12:15 p.m. (17:15 em Portugal), altura em que o 45º Presidente dos Estados Unidos fez o juramento tradicional. 

Esta foi a primeira tomada de posse a ter lugar desde que o Facebook, em abril de 2016, disponibilizou para todos os utilizadores os seus serviços de transmissão em vídeo, e desde que o Twitter lançou a sua aplicação de Live Stream, o Periscope, em 2015.  

Celso Moura, Copywriter

Comment