A Amazon publicou um vídeo com um teste de uma entrega, de uma encomenda real, feita através de um drone. Assim, o serviço Prime Air, que em 2013 parecia uma ideia futurista, agora parece estar cada vez mais perto de ser tornar realidade.

Este serviço promete entregas em 30 minutos, ou menos, para encomendas até pouco mais de 2kg. Isto é, o tipo de encomendas que vão ser entregues através deste serviço são livros, sapatos, telemóveis, etc.

Os testes estão a decorrer nos Estados Unidos, no Reino Unido, na Áustria e em Israel e estão a testar diferentes tipos de drones para se adaptarem às diferentes dimensões das embalagens, à distancia que terão que percorrer e às condições atmosféricas.

É claro que este serviço, a ser implementado, tem por agora algumas limitações: o destino da encomenda terá que ser perto de um centro de distribuição, uma vez que os drone tem uma autonomia limitada (cerca de 25km para ir e voltar). É necessário colocar no exterior uma "base de aterragem", para que o drone possa identificar o local onde deve deixar a encomenda, ou seja, o destino da entrega terá de ser uma zona ampla e privada, como um jardim. Para já os apartamentos ainda estão excluídos. 

Apesar dos testes que já estão a ser feitos, ainda existe muita regulamentação que precisa de ser definida e ultrapassada, o que não será um processo rápido.

Joana Rodrigues, Junior Ux Designer

Comment