A Google paga uma viagem até à Lua, se conseguirem colocar uma nave espacial na superfície lunar, andar 500 metros e emitir alguma imagem back to earth. Esta é a premissa do Google Lunar XPRIZE, o concurso que a empresa montou no ano 2007 para incentivar o empreendedorismo privado espacial.

Desde então que a oferta está sobre a mesa: $20 milhões para o primeiro grupo privado que “volte" à Lua. O deadline inicial era 2012, foi empurrado até 2015, logo depois para 2016 e finalmente ampliou até 31 de dezembro de 2017, mas sob a condição que, pelo menos, uma equipa tenha fechado um launch contract antes de 2015 acabar. Graças à equipa SpaceIL e ao seu primeiro contrato, continuamos com o jogo.

Até agora partciparam 34 equipas, das quais apenas 5 em jogo. Estas equipas chegam de vários países e fecharam contratos de lançamento, com o objetivo de conseguir sair para a Lua antes do fim do ano.

As concorrentes são:

Quem não gostaria de fazer parte de uma equipa que vai partir num foguete, feito em startups espaciais das quais nunca ouviu falar? Ou então estar numa de duas equipas, que partem para a Lua no mesmo foguete e, mesmo assim estão a concorrer uma contra quando chegarem à Lua? 

Se ficaram entusiasmados com este desafio, aproveitem e vejam os novos vídeos da Moon Shot que a Lunar XPRIZE tem publicado. Se quiserem um overview geral vejam também o Back To The Moon For Good.

Preparem-se, este será um ano de tensões, notícias, falhas, explosões e quem sabe se não vamos assistir ao primeiro YouTube live stream from the Moon.

Guillem Peiró UX Designer

Comment