Quatro meses depois de se apresentarem juntos, pela primeira vez em mais de 30 anos num evento privado em Estocolmo, anunciaram que estão de regresso e vão atuar numa "experiência virtual e viva" no próximo concerto que acontece em 2018. Pode parecer improvável que uma reunião pública dos Abba chegue a acontecer, mas o quarteto sueco está de volta para o centro das atenções. E espante-se, adaptados ao digital dos dias de hoje.

O que torna a ainda mais inédita, esta notícia, é a banda, que já tinha recusado outra tour durante imensos anos, enfrentar uma realidade digital bem diferente do vivido no início de carreira, através de um concerto ao vivo através da tecnologia da realidade virtual.

Imaginamos que os fãs acérrimos dos ABBA já estão em a cantarolar a “Waterloo” ou “Dancing Queen” e, quem sabe, os futuros fãs podem estar a ler este artigo.

Este projeto é realizado através de uma parceria entre o Magnata Simon Fuller e a Universal Music. Considerado um dos grupos de maior sucesso do mundo, com vendas estimadas entre 180 e 400 milhões em todo o mundo, chegam agora a uma realidade tão digital quanto moderna!

Andreia Marques, Junior UX Designer

2 Comments