Começa hoje, dia 1 de junho, a Feira do Livro de Lisboa, o evento onde muito boa gente pacata e ordeira vai para perder a cabeça.

A feira tem tudo o que é bom. Livros, claro, bens de primeira necessidade que são. Escritores a circular, debates sobre liberdade de expressão portas meias com tertúlias de autoajuda, relva para nos esticarmos ao sol, barraquinhas de comes e bebes (também há que as amar). É a primeira paragem antes dos Santos, das festas de Lisboa e das férias de verão!

Para preparar um plano estratégico de ataque aos 18 dias da feira, este ano com a presença astronómica de 602 editoras, temos o site e a App (iOS e Android). Com funcionalidades cada vez mais apontadas ao coração do leitor e colecionador patológico. Felizmente, conseguimos já ter acesso à listagem dos livros do dia com maior antecedência. Em alternativa, temos a newsletter que nos chegar o boletim diário e a wishlist para organizarmos as preferências. Para não nos perdermos nas constantes subidas e descidas do parque Eduardo VII, recomenda-se a consulta prévia do mapa. E é bom não ir desprevenido à Hora H: vejam que editoras aderem a esse momento de adrenalina entre as 22h e as 23h, em que corremos como doidos em busca dos livros com 50% de desconto. 

O funcionamento do site e da app estão longe de ser perfeitos, mas já é apreciável o esforço para melhorar.

Para quem não dispensa os passatempos e as reportagens fotográficas, há sempre o Facebook e o Instagram

Boa feira!

Joana Ribeiro, Copywriter

Comment