Ainda se lembram dos SMS? Com a massificação do WhatsApp e do Facebook Messenger, hoje em dia é raro comunicarmos por outra via que não essas (ou semelhantes). Só em 2015, as pessoas enviaram três vezes mais mensagens nessas plataformas do que por SMS.

Eis que o Museu de Arte Moderna de São Francisco (SFMOMA) se lembrou de os trazer de volta. Devido ao facto de apenas terem capacidade para exibir, em simultâneo, cerca de 5% das suas 35,000 obras, quiseram levar o seu arquivo completo a todos os interessados. 

Tudo o que as pessoas tinham que fazer é enviar um SMS para o 572-51, começando com as palavras “send me” seguidas do que queriam ver, quer fosse uma cor, uma emoção, um emoji, you name it. A partir daí, o SFMOMA respondia com uma peça de arte que satisfizesse os desejos de cada um.

Como um bom amigo, o SFMOMA nunca deixava as pessoas sem resposta. Mesmo que não tivesse exatamente o que procurávamos, dava-nos uma sugestão que poderia ser do nosso agrado. Até tem capacidade de responder àqueles que procuravam uma foto mais "picante". ;)

A ação “Send Me SFMOMA” foi concebida para trazer mais transparência ao arquivo do museu e para alterar a forma como as pessoas interagem com, e exploram, as suas peças.

Quem disse que as ativações por SMS morreram?

Tomás Monteiro, Community Manager

Comment