Já sabem: esta semana houve o eclipse. Nada de especial, a passagem da lua tapou completamente o sol, isto acontece a cada 18 meses em algum lugar da terra (mas demora mais de 300 anos a voltar a acontecer no mesmo lugar).

O mais especial é que foi em 2017 e a trajetória, desta vez, apanhou em cheio os Estados Unidos. Assim, num ano em que temos mais tecnologia do que nunca, o eclipse foi apanhado pela nação com mais vontade em partilhar vídeos.

Bastante antes, já houve conteúdo a explicar o que é um eclipse ou quais são as fases e fenómenos que podemos observar.

Em direto, houve live feeds e uma tonelada de material que a Nasa apanhou.

Após o eclipse, podem ver a reação da gente durante o fenómeno, ou como alguns fizeram a extra mile para apanhar a Estação Espacial Internacional a transitar pelo sol durante o eclipse.

Só ontem, em poucas horas, foram publicados 11.000 vídeos (se pesquisarmos por "Eclipse 2017")

Só resta esperar que os canais comecem a publicar os vídeos e capturas que fizeram, desta vez não vai faltar nenhum material gráfico.

Guillem Peiró, UX Designer & Information Architect

Comment