A quarta temporada de Black Mirror chegou ao Netflix e com ela os sentimentos carregados a que já nos habituou.

Para os mais distraídos, esta é uma série que analisa a nossa relação com a tecnologia. No entanto, em vez de seguir o discurso corrente e celebrar os êxitos da tecnologia de forma acrítica, esta série foca nas suas consequências menos confortáveis. O verdadeiro Twilight Zone do século XXI.

Embora seja considerada uma série de ficção-científica, é importante reparar como muitos dos seus temas - cada episódio retrata uma história diferente - são visíveis na sociedade digital de hoje: por exemplo, o poder da big data e a ausência de privacidade online ou a dependência excessiva nas redes sociais e a falta de relações sociais autênticas.

Sombria mas realista, esta é uma série que pede um binge watching à altura, mas, atenção, sempre cético e sem dogmatismos!

Pedro Almeida, UX Designer

Comment